WEB | católica - Oração do terço

Em nome da Pai, e do Filho, e do Espírito Santo, Amém!

Creio em Deus, Pai todo-poderoso,

Criador do Céu e da Terra

e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor
que foi concebido pelo poder do Espírito Santo;
nasceu da Virgem Maria; 
padeceu sob Pôncio Pilatos, 
foi crucificado, morto e sepultado; 
desceu à mansão dos mortos; 
ressuscitou ao terceiro dia; 
subiu aos Céus; 
está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, 
de onde há de vir a julgar os vivos e os mortos.

Creio no Espírito Santo; 
na santa Igreja Católica; 
na comunhão dos Santos; 
na remissão dos pecados; 
na ressurreição da carne; 
e na vida eterna.

Amém.

Pai Nosso que estais nos Céus, santificado seja o vosso Nome, venha a nós o vosso Reino, seja feita a vossa vontade assim na terra como no Céu.

O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do Mal.

Amém

Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco, bendita sois vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, Mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora da nossa morte.

Amém

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era, no princípio, agora e sempre.

“Ó meu Jesus, perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno, levai as almas todas para o céu e socorrei principalmente aquelas que mais precisarem” da Vossa misericórdia,

Amém!

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós!

 

Nossa Senhora de Fátima: Rogai por nós, que recorremos a vóz!

Pai Nosso que estais nos Céus, santificado seja o vosso Nome, venha a nós o vosso Reino, seja feita a vossa vontade assim na terra como no Céu.

 

O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do Mal.

Amém

Infinitas graças Vos damos Soberana Rainha, pelos benefícios que todos os dias recebemos das Vossas mãos liberais. Dignai -vos agora e para sempre, tomar-nos debaixo do vosso poderoso amparo e para mais vos implorar, vos saudamos com uma... Salve-Rainha...

 

Salve-Rainha, Mãe de Misericórdia, vida, doçura e esperança nossa, salve. A vós bradamos os degredados filhos de Eva; a vós suspiramos, gemendo e chorando neste vale de lágrimas.

 

Eia, pois, Advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei. E depois deste desterro mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa, ó doce e sempre Virgem Maria. 

 

Rogai por nós, ó Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Amém.

 

Terminar com o “Sinal da Cruz”

Voltar